Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Beringela e berinjela

O verbete berinjela do Houaiss informa que esta é uma forma não-preferencial de "beringela". Já o verbete beringela apresenta todas as informações da palavra e diz que devemos evitar a forma "berinjela".

O Volp (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa), feito pela Academia Brasileira de Letras, não registra, repito, não registra a forma "beringela", com "g". O correto é com "j".

No Dicionário Aurélio, o correto é com "j". O Dicionário Sacconi também só registra com "j".

Na enciclopédia livre Wikipédia, a questão da ortografia de berinjela também está presente: com "j" para o português brasileiro e com "g" para o português lusitano.

4 para o "j" e 1 para o "g" no português daqui! O Houaiss está errado nisso. Faltou explicar a grafia diferente nos dois países, como vemos em tantos outros verbetes.

2 comentários:

Luiza disse...

Uau!! e eu conferi... nossa!...

Delerue disse...

Notei que existe algo semelhante com a palavra 'broxa', onde o Houaiss indica que ela deve ser evitada, sugerindo o uso de 'brocha'. Com a acepção de 'homem sexualmente impotente' nem o Aurélio nem o Michaelis consideram 'brocha'. Já o VOLP sequer aceita a existência de 'broxa'. Ou seja, um verdadeiro caos!

A propósito, parabéns pelo blog. Uma pena que não tenha recebido mais atualização.