Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Cúbico por quadrado

No verbete N/m³, lemos que N/m³ é símbolo de newton por metro quadrado.
Ou 2 para quadrado ou 3 para cúbico.


Coloquei o texto em tamanho maior para ficar fácil de ler o número sobrescrito. No tamanho normal o 3 parecia 8.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Errinho de ortografia

No verbete hermetismo, lemos a palavra "tangencialmene". Faltou um "t".

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Classes gramaticais de "bastante"

Desta vez não se trata de um erro ortográfico, o Houaiss equivocou-se quanto às classificações gramaticais do verbete “bastante”. São apresentadas as seguintes classes: adjetivo de dois gêneros, advérbio e substantivo masculino. O dicionário não menciona que “bastante” também pode ser um pronome indefinido e inclui os exemplos dessa classe na de adjetivo.

Faltou dizer que “bastante”, quando usado com sentido de “muitos”, pertence à classe dos pronomes indefinidos, assim como “poucos”, “alguns”, etc. É o que ocorre na frase: Ana tem bastantes roupas para doar.

Analisemos as outras classes com exemplos:

Já tenho problemas bastantes para resolver. Nessa frase, “bastantes” significa “suficientes”, “que bastam”, portanto, é um adjetivo.

Fui bem na prova porque estudei bastante. “Bastante” será um advérbio quando estiver modificando um verbo, um adjetivo ou outro advérbio. Nessa frase, modifica um verbo (estudar) e poderíamos substituí-lo por “muito” ou “suficientemente”.

Ainda não foi feito o bastante para solucionar a crise. Aqui temos “bastante” como substantivo, já que está precedido do artigo “o”.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Beringela e berinjela

O verbete berinjela do Houaiss informa que esta é uma forma não-preferencial de "beringela". Já o verbete beringela apresenta todas as informações da palavra e diz que devemos evitar a forma "berinjela".

O Volp (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa), feito pela Academia Brasileira de Letras, não registra, repito, não registra a forma "beringela", com "g". O correto é com "j".

No Dicionário Aurélio, o correto é com "j". O Dicionário Sacconi também só registra com "j".

Na enciclopédia livre Wikipédia, a questão da ortografia de berinjela também está presente: com "j" para o português brasileiro e com "g" para o português lusitano.

4 para o "j" e 1 para o "g" no português daqui! O Houaiss está errado nisso. Faltou explicar a grafia diferente nos dois países, como vemos em tantos outros verbetes.

Mal comportamento e mau comportamento

No verbete comportamento, o exemplo da acepção 4 está com erro. Está escrito "mal" em vez de "mau", sugerindo "mal comportamento. O correto é mau comportamento.

Press-release e press release

No verbete press release, grafado sem hífen, há a indicação para consultar o verbete release. Neste, encontramos como sinônimo de "release" a palavra "press-release", grafado com hífen.
Errinho de distração mesmo.