Pesquisar este blog

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Uso de conjunções alternativas: ou...ou; seja... seja; quer... quer


No verbete termeletricidade, temos a acepção 2 assim apresentada:


Geração de energia elétrica em usinas que utilizam algum tipo de combustível, seja do tipo convencional ou nuclear.



Aqui rolou mais um vacilo. Apesar de ser muito usual, na língua escrita culta, a combinação de diferentes conjunções coordenativas alternativas (ouquersejaem pares, como apresentada no verbete supracitado, a norma-padrão não permite tal mistura. Os pares devem sempre trazer os elementos repetidos: seja... seja quer... quer, nunca substituindo o segundo elemento por ou (conforme prescrevem Bechara, Cegalla, Napoleão, Sacconi etc.). O próprio Houaiss demonstra o uso correto, no verbete seja, descrevendo a palavra como conjunção que

serve para ligar palavras ou orações, indicando ênfase antes de cada termo ou frase da alternativa; ou, quer Ex.: Seja hoje, seja amanhã, irei visitá-lo.

Além disso, explica esta classe de seja e a exemplifica numa das acepções do verbete conjunção:

conjunção alternativa
conjunção coordenativa que liga dois termos da mesma oração, ou duas orações, de sentido dessemelhante, determinando que, a verificar-se um dos fatos mencionados, o outro deixará de se cumprir (p.ex., ou [repetido ou não]; nem, ora, quer, seja [repetidos] etc.)



2 comentários:

Noé disse...

Caramba! Sou "insuportável" ao revisar (e até ao ler!), mas vocês são muito melhores do que eu! Só tomei conhecimento do Houaiss online hoje (através de vocês), mas nunca me ative a "procurar chifre em cabeça de burro" no Houaiss impresso.

Parabéns! Enquanto já fui xingado por criticar erros graves em publicações online, vocês estão fazendo o que TODOS deviam fazer: zelar pela preservação do pouco que resta de "norma culta" na internet (e até em muitas editoras tradicionais).

Parabéns efusivos!

orlando disse...

"Procurar chifre em cabeça de cavalo"
Creio...